2.6.09

A Rita entalou o dedo na porta.

e o grito foi de tal forma intenso que saí disparada do banho completamente coberta de espuma. Não tenho sangue frio nenhum nestas coisas mas estava sozinha que remédio tinha eu senão segurar o barco. Mas nem olhei muito para o dedo, só reparei que a unha já estava toda roxa e o dedo do dobro do tamanho. Ela chorava sem parar e eu só lhe consegui dar muito colinho.

Entalou-se no sábado e entretanto o dedo desinchou mas hoje a unha sangrou. Despachei-a logo para o Nuno que unhas negras com probabilidades de cairem e ainda por cima com sangue a escorrer, é badagaio na certa. Se ela cai então nunca mais me recomponho. Dedo sem unha não aguento.


Ontem adormeceu no hall. Depois das saídas do costume da cama, achei que finalmente tinha adormecido. Estava na sala tranquilamente a ver televisão quando o Nuno entra em casa e me diz "olha a Rita!" Olha a Rita? Só se viam as perninhas dela. Deitou-se entre uma cómoda e uma parede e coladinha a uma extensão cheia de fichas ligadas. Trouxe a fralda de pano, uma data de bonecos e arrochou por ali. É mesmo maluca. Tem horror à cama, insónias de meia noite mas não há nada como um chãozinho duro e frio para adormecer. Se calhar vou adoptar a cama à chinesa. Um estrado de madeira e está a andar. Pode ser que comece a dormir como deve ser.

No fim-de-semana estivémos na praia e a novidade deste ano é que se pela de medo do mar. Mas não é do mar-ondasgrandes-rebentação-frio-correntes. Ela tem medo da água pelo tornozelo. Imaginem a Costa com maré baixa. Aquele areal enorme, cheio de piscinas naturais e espaço para brincar. Ela até anda por ali, mas basta uma onda rasteirinha ameaçar avançar pela areia a 2 km dela e já se vê a Rita a fugir em corrida descontrolada praia fora. Não olha mais para trás e nem quer saber que nunca mais nos veja. Foge de tal maneira depressa que é difícil de a apanhar, parece o pepe rápido com o rabinho a dar a dar.

A Joana já é uma companheira e pêras para grandes banhocas. A mim a velhice trouxe-me "frialdade". Já não me aguento dentro do mar como antes. É o colesterol, é o corpo a mudar, os cabelos brancos e agora esta hiper-sensibilidade à água fria. Mas a Joana quer lá saber e arrasta-me para grandes mergulhos. E eu atiro a velhice para trás das costas porque quando tomo banho é banho à séria, não é cá mergulhito e vou-me embora como uma pessoa que eu cá sei. : )

A Joana anda desde há 3 semanas a acordar religiosamente todas as noites às 3h30 da manhã. Ela que tinha um dormir profundo e maravilhoso. E depois chama-nos e ou é dor na perna ou porque tem medo das sombras ou dos barulhos ou porque teve um sonho mau. No outro dia foi catadíssima, porque não sabia ela que eu tinha ido ao quarto da Rita. Ouvi a Joana a ir à casa-de-banho e quando eu ia a sair do quarto da Rita ela tinha acabado de se deitar e gritou "Mãiiiiiiiiiiiii, sonho maaaau!" Oh Joana! Acabaste de te levantar, estavas acordada, é impossível teres acabado de ter um sonho mau.

Nem piou.


Hoje à noite foi pior, chamou o Nuno à mesma hora de sempre, tão querida, para lhe dizer que tinha comichão no olho. O que é que dá vontade? Pois.

Isto é giro, anuncia-se que não se vai escrever muito e tal e depois escreve-se um post interminável destes. E eu que nem sou do contra.

Ou se calhar até sou.

7 comentários:

Anónimo disse...

Essa da Rita só me faz lembrar o João que continua a ter a mania de se levantar várias vezes antes de adormecer, vai para o hall e lá fica com a fralda e o patinho de peluche até que adormece ferrado e nem nos chama!!! E às vezes lembra-se de fazer o mesmo a meio da noite... no outro dia foi no Algarve no chão de pedra.

Beijos,
Sofia G.

mimiko disse...

:D Giras as tuas miúdas!!!

Menina Rabina disse...

A Marta há-de largar a cama de grades a seguir ao Verão... estou mesmo a ver o arraial que vai ser lá em casa...
Acho giras as cenas da Joana! Elas lembram-se de cada uma!
Ainda bem que vieste contar-nos as novidades ;)

Anónimo disse...

Inês achei tão giro pq revi a Bá em quase todas as peripécias. Ou seja, foge da água como o Diabo da cruz; agora acorda a dizer q tem medo das sombras; q lhe doi a perna (por acaso tem-se queixado mt de dores nas pernas), ou é o olho ou sonho mau....
Enfim...só tenho 1 mas com as esquezitices de 2 ;D

Bjs e n te preocupes vai tudo ficar bem!!!!

Catarina

Na Lua da Alice disse...

Ainda bem que não te foste já embora. :D Comichão no olho!!! É lindo!!!!!!!
E dormir no chão tb me parece bem. Quanto aos medos da Rita, desculpa lá mas acho bem. É que já me faz confusão os da Alice. Agora tem um novo. A lua. E não parece fita. Agarrou-se a mim de uma maneira que até parecia que estava a ver um monstro. Será isto normal ou devo preocupar-me???? O mar também lá chegará. O ano passado fomos à praia com ela 2 vezes e nem quis molhar o pé, na piscina foi um berreiro de meia noite, mas no fim já era tudo dela.
Olha. Não te vás!!!! Fazes-me rir, e às vezes chorar.
Comichão no olho às 3.30!!!!!!!!! ahahahaha
Beijinhos

Anónimo disse...

Ter um blog é um bocadinho como um vício. Ou deixas de vez ou ele chama tanto por ti que estás sempre a recair. E vivam os bons hábitos, pelo menos não fazem subir o colestrol.

O Chapéu viciado.

Anónimo disse...

AHAHAH adoreiiiiiii as histórias das meninas e principalmente a tua contradição :-D é o víciooo!!! lol
Tem dias né ;-)
P.S. Eu tb sou assim, sem sangue frio pra acidentes ao vivo, mas dps consigo ver na boa as séries de hospital, é a brincar ahah
Inté
Squaw