23.9.08

E recorrentemente

lá vem com a conversa de que não quer ter bebés. E eu lá continuo sem lhe dar grande feedback, digo-lhe apenas está bem, fazes o que quiseres (enquanto penso ai de ti que não me dês um neto. Quando fores bem crescida, atenção.)

No outro dia perguntou-me se a tal semente que se transforma num bebé, se compra no supermercado ou se já está cá dentro de nós. Deu-me vontade de rir claro, mas engoli em seco e respondi que já estava cá dentro. Esgar de pânico, mas eu não quero, mas eu não quero. Lá lhe disse que só se transformava em bebé se ela lhe desse essa ordem. (as coisas que nos vêm à cabeça para cortar conversas desconfortáveis). E então ela rematou:

- Então eu NUNCA vou falar com a minha semente.

E foi à vida dela.

5 comentários:

PLx disse...

hummm estou a ver que foi a Miss C que teve a conversa da sementinha. O Manel também veio cheio de perguntas lá para casa... mas a preocupação dele era se eu tinha sementinhas....

Menina Rabina disse...

Ahahaha! A Joana é demais!

Nostálgica disse...

Lool.. ela depois é capaz de mudar de ideias..:)
bjnho.

Anónimo disse...

Pois é, a Bá tb anda com a conversa dos bébés q n quer ter; nem namorar nem casar. Só quer trabalhar, lavar a loiça (achas normal!!!!!!) e fazer compras (amei esta parte). Mesmo qd brinca com bébés chama a atenção q não são dela, são emprestados.

De onde vem o trauma????
Bjs
Catarina

Nós disse...

eheheheheheheheheheh!
lindaaaaaaaaaaaaaaaaa! a janinha é demais eheheheheh!
jinhos