31.10.08

É verdade,

uma história para este dia das bruxas. No sábado de manhã a Rita estava sozinha no quarto da Joana quando a ouço gritar que a mana da tartaruga tinha aparecido! Dei com ela ao pé do aquário e a tartaruga desaparecida lá dentro. (aqui ouvi a música dos x-files)

Depois de me recompôr do susto de ver a tartaruga de volta num aquário em cima de um parapeito a um metro do chão comecei o interrogatório à Rita para saber como lá tinha ido parar. E ela, a roçar o non-sense, disse que a tinha ido buscar lá fora e no fim rematou que a tinha apanhado na garagem.

Cheguei a pensar se não estaria maluca e se ela não teria lá estado este tempo todo. Mas lá
concluímos, não graças à ajuda da Rita, que o bicho deve ter aparecido no chão ao pé dela e ela pô-la no aquário. Mas mesmo assim, onde é que esteve este tempo todo? Eu virei a casa toda do avesso.

Enfim... Voltou muito parada, toda esticadinha, olhos fechados e inchados. Achei que não ia sobreviver, mas ontem levou uma injecção na coxa (lol) e já arrebitou. Agora só tenho que comprar um aquário bem alto, para a história não se repetir.

5 comentários:

Menina Rabina disse...

Um final feliz! Como eu gosto!

Anjo De Cor disse...

heheheheh, quem diria que ia aparecer ;)

PLx disse...

huu-huuu-huuuuu
spoooky

Anónimo disse...

Turururu... turururu.... e já gastou uma vida!!! É ninja, essa???
E andava a gritar em tartaruguês "socorro, tira-me da garagem!!!". Não havia uma música com uma letra assim? Pergunta ao Nuno, que ele deve saber (do tempo do cabelo comprido e das t.shirts de heavy metal!). Enfim, agora podes dormir descansada. Bjs, clo

Ana Barata disse...

Olha lá: por acaso ela não terá comido marmelada?!?!?!?
Seja lá como for, escondida na garagem, dentro dum qualquer brinquedo, com ou sem a "ajuda" da Rita, finalmente voltou ao lar! Q nem um filho pródigo!
Bjs e ... vai lá então comprar outro aquário, não vá a injecção na coxa provocar alguns efeitos especiais!